Servidor Web com NGINX — Instalação do MariaDB em sistemas baseados em RHEL

Desde que comecei a estudar sobre Desenvolvimento Web, tenho utilizado o Apache como meu servidor web padrão. Quando comecei meus estudos ele definitivamente era o servidor web mais utilizado, talvez até hoje deva ser. Porém, alternativas vão surgindo e o NGINX é mais do que uma alternativa, hoje ele dividi o mercado de servidores com o Apache e possui muitas vantagens em relação ao seu concorrente.

Photo by Jan Antonin Kolar on Unsplash

Este artigo faz parte de uma série de artigos que visam a instalação e configuração de um Servidor Web com NGINX.

Hoje, vamos realizar a instalação e configuração do banco de dados MariaDB.

Instalação

No terminal executamos o seguinte comando:

sudo dnf install mariadb-server

Habilitar Inicialização automática

No terminal executamos o seguinte comando:

sudo systemctl enable mariadb

Inicializar serviço

Após o processo de instalação ser finalizado, precisamos inciar o serviço responsável pela execução do banco de dados MariaDB. No terminal executamos o seguinte comando com permissões de super usuário:

sudo systemctl start mariadb

Instalação de segurança

Vamos executar um script que nos permite melhorar a segurança da instalação do MariaDB, com esse script podemos:

  • Definir uma senha para o usuário “root” do MariaDB;
  • Remover contas de usuários anônimos;
  • Desabilitar o login do usuário “root” fora do localhost;
  • Remover o banco de dados “teste”, que por padrão pode ser acessado por usuários anônimos.

Então, vamos lá! No terminal executamos o seguinte comando com permissões de super usuário:

sudo mysql_secure_installation

Agora devemos ficar atentos, pois o script solicitará que determinemos as ações a serem executadas.

Definir uma senha para o usuário “root” do MariaDB

A primeira ação a ser executada se refere a senha senha para o usuário root. Como acabamos de instalar o MariaDB, e
ainda não definimos a senha “root”, a senha ficará em branco,
então apenas devemos pressionar “Enter” no teclado quando a seguinte ação for solicitada:

Enter current password for root (enter for none):

A seguinte mensagem será exibida:

OK, successfully used password, moving on...

Seremos questionados se desejamos alterar para o modo de autênticação “unix_socket”. Podemos responder com “n” e em seguida confirmamos com “Enter”.

Switch to unix_socket authentication [Y/n]

Agora precisamos definir a senha do “root” para garantir que ninguém possa entrar no MariaDB utilizando o usuário “root” sem a devida autorização. A ação a seguir será solicitada e responderemos com “y” e em seguida confirmamos com “Enter”:

Change the root password? [Y/n]

Será solicitado que informemos a senha que desejamos para o usuário “root”. Vamos colocar uma senha segura e em seguida pressionamos a tecla “Enter” para confirmar:

New password:

Uma nova solicitação será feita, desta vez devemos repetir a senha que acabamos de definir para o usuário “root”:

Re-enter new password:

A seguinte mensagem será apresentada, informando que o processo de definição de senha para o usuário “root” foi realizado com sucesso:

Password updated successfully!
Reloading privilege tables..
... Success!

Remover contas de usuários anônimos

Por padrão a instalação do MariaDB possuí um usuário anônimo, permitindo
o acesso sem a necessidade de ter uma conta de usuário criada para
eles. Isto é destinado apenas para testes e para tornar a instalação
mais simpes. Devemos remover esse usuário antes de mudarmos oara um
ambiente de produção e trabalho.

A seguinte ação será solicitada e deveremos respondê-la com “y” e em seguida pressionamos a tecla “Enter” no teclado para confirmar:

Remove anonymous users? [Y/n]

Será exibida uma mensagem de sucesso:

... Success!

Desabilitar o login do usuário “root” fora do localhost

Normalmente, o usuário “root” só deve ter permissão para se conectar a partir de “localhost”. Isto garante que ninguém consiga adivinhar a senha do usuário “root” através da rede.

A seguinte ação será solicitada e deveremos respondê-la com “y” e em seguida pressionamos a tecla “Enter” no teclado para confirmar:

Disallow root login remotely? [Y/n]

Será exibida uma mensagem de sucesso:

... Success!

Remover o banco de dados “test”, que por padrão pode ser acessado por usuários anônimos

Por padrão, o MariaDB vem com um banco de dados chamado “teste” que qualquer um pode ter acesso. Isso também é destinado apenas para testes e deve ser removido antes de mudar para um ambiente de produção e trabalho.

A seguinte ação será solicitada e deveremos respondê-la com “y” e em seguida pressionamos a tecla “Enter” no teclado para confirmar:

Remove test database and access to it? [Y/n]

Será exibida a seguinte mensagem:

- Dropping test database...
... Success!
- Removing privileges on test database...
... Success!

Recarregar as tabelas de privilégios

Recarregar as tabelas de privilégios garantirá que todas as alterações feitas até o momento entrarão em vigor imediatamente.

A seguinte ação será solicitada e deveremos respondê-la com “y” e em seguida pressionamos a tecla “Enter” no teclado para confirmar:

Reload privilege tables now? [Y/n]

Será exibida a seguinte mensagem informando que todos os processos foram realizados com sucesso:

... Success! Cleaning up... All done!  If you've completed all of the above steps, your MariaDB
installation should now be secure.
Thanks for using MariaDB!

Instalação concluída

A instalação foi concluída e podemos realizar um teste simples acessando o banco de dados utilizando o usuário “root” com a nova senha cadastrada. No terminal executamos o seguinte comando:

mysql -u root -p

Será solicitada a senha do usuário “root”, devemos digitar a senha cadastrada e em seguida confirmar pressionando a tecla “Enter” no teclado. Se a senha estiver correta, uma mensagem será exibida como abaixo:

Welcome to the MySQL monitor.  Commands end with ; or \g.
Your MySQL connection id is 11
Server version: 5.5.5-10.5.13-MariaDB MariaDB Server
Copyright (c) 2000, 2021, Oracle and/or its affiliates.Oracle is a registered trademark of Oracle Corporation and/or its
affiliates. Other names may be trademarks of their respective
owners.
Type 'help;' or '\h' for help. Type '\c' to clear the current input statement.

Para sair do MariaDB digitamos o seguinte comando e confirmamos pressionando a tecla “Enter” no teclado:

quit

E pronto! O MariaDB já está instalado e devidamente configurado.

--

--

--

Apaixonado por Desenvolvimento Web, sempre aprendendo algo novo em PHP, Javascript, HTML e CSS. Ah…e lutando para estruturar corretamente meus bancos de dados!

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
Marcelo Albuquerque

Marcelo Albuquerque

Apaixonado por Desenvolvimento Web, sempre aprendendo algo novo em PHP, Javascript, HTML e CSS. Ah…e lutando para estruturar corretamente meus bancos de dados!

More from Medium

Migrate containers to GitHub Container Registry (GHCR) — GitHub Packages — Part 2: GitHub Actions

Notifications for failed cron jobs

The magical world of containers — Docker

Quick Set up SonarQube in minutes using Tin